Momentos marcantes do Oprah Winfrey Show em seus 25 anos de exibição

Gayle King e Maria Shriver, presentes na primeira série de despedidas do Oprah Winfrey Show, voltam para a despedida final da apresentadora (ao centro), gravada para ser exibida na quarta-feira 25.05.2011

O canal de televisão da apresentadora Oprah Winfrey, OWN,
saiu do vermelho. O anúncio foi feito por David Zaslav, CEO do grupo Discovery
e sócio da emissora, nesta terça-feira 
(30). De acorddo com ele, o projeto “está com saldo positivo e
começa a pagar o investimento feito pela Discovery”.

Até maio de 2012, o
prejuízo era estimado em US$ 330 milhões – e a meta para começar a gerar lucro
havia sido fixada para o fim de 2013. David atribui o sucesso “às taxas mais
elevadas que as distribuidoras de TV a cabo estão repassando”, além
da maior audiência, que contribuiu para a arrecadação com publicidade.

Ele ainda revelou que, nas últimas oito semanas, o canal
entrou para a lista dos 20 mais populares do segmento feminino no mercado
americano e passou a ser o terceiro mais popular entre mulheres
afro-americanas.

Transmitido para mais de 80 milhões de lares nos EUA, o OWN ganhou fôlego após a polêmica entrevista com o ex-esportista Lance
Armstrong
, que admitiu ter feito uso de drogas ilegais durante competições. De acordo com o
jornal The New York Times, Oprah negocia para trazer o canal para o Brasil e a
Argentina. 

Canal de Oprah Winfrey sai do vermelho e passa a gerar lucro, afirma sócio

Sem mais artigos