É difícil saber o quanto se pode levar a sério o que Carrie Fisher fala sobre sua volta à saga Guerra nas Estrelas, mas a atriz voltou a mencionar o assunto em uma convenção de ficção científica no último final de semana.

Ao participar de um encontro com fãs em Calgary, no Canadá, a intérprete da princesa Leia disse: “gosto de ser comprada pela Disney, porque eles nunca quiseram me comprar antes”. E, em tom de brincadeira, mas sem confirmar ou desmentir se irá reprisar o papel, falou até sobre uma suposta preparação física.

 

“Estou contente que estejam fazendo um novo filme, porque estão mandando um treinador para minha casa para que eu fique em boa forma. Então eu estou comendo realmente muito açúcar antecipadamente, como vocês podem ver. Quando chegar a hora de cortar eu já terei comido tudo”, justificou.

Em março, Fisher havia dito que estava tudo certo para que ela participasse de Guerra nas Estrelas 7, mas depois voltou atrás e garantiu que estava apenas brincando. Mas seus ex-colegas de elenco, mais sérios, também já deram pistas de que o trio Leia, Luke e Han pode reaparecer.

Mark Hamill, que fez o papel de Luke Skywalker, admitiu que já falou sobre o assunto com os produtores e Harrison Ford, que interpretou Han Solo, afirmou em março que “acha” possível. “Acho que é quase verdade. Espero que sim. Não está certo ainda, mas acho que vai acontecer”, afirmou, em uma entrevista à emissora WGNTV, de Chicago.

Com roteiro de Michael Arndt e direção de J.J. Abrams (o mesmo de Star Trek: Além da Escuridão), Guerra nas Estrelas 7 tem lançamento planejado pela Disney para 2015. 


Sem mais artigos