Restando poucas horas para a grande final da UEFA Champions League, as imediações do Estádio da Luz, em Lisboa, já começa a ser tomada por torcedores de Real Madrid e Atlético de Madrid. Porém, outra ‘invasão’ também chama atenção nas ruas e praças próximas a moderna arena do Benfica: a dos ambulantes.

Da mesma forma que vemos no Brasil, a ação dos ambulantes acontece em massa e de uma forma bastante livre. O que diga a dupla de portugueses Carlos Barros e Alexandre Ferreria, que pegaram um carrinho de supermercado no Shopping Colombo, que fica ao lado do Estádio da Luz, colocaram uma caixa de isopor dentro, encheram de cerveja e saíram vendendo aos colchoneros e madrilhenhos.

“Foi uma ideia que surgiu de repente. Temos esse jeito meio maluco, mas acho que isso é que chama a atenção do torcedor e faz com que ele compre com a gente”, disse Barros, que comercializada cada longneck por  1 euro (aproximadamente R$ 3,00) e disse que já conseguiu vender mais de 100 unidades em menos de duas horas.

A dupla bem humor ainda aproveita o sucesso de venda para brincar com os torcedores espanhóis que, assim como os brasileiros, possuem o hábito de urinar nos muros e ruas próximos aos estádios de futebol e locais de grandes eventos. “Isso é uma vergonha para a Espanha. Na Copa do Mundo não terá isso no seu país, terá?” questionou Ferreira, que sorriu ao ver meu semblante sem resposta.

Quem também fatura, e muito alto, são os vendedores de produtos ligados aos dois clubes que disputam a final da Liga dos Campeões. Cachecóis, camisas e bandeiras são os mais vistos e comercializados nas ruas de Lisboa. Espanhol, Raúl Ramos, de 33 anos, veio até Portugal só para ganhar um dinheiro extra com a decisão da Champions.

“Lotei minha mala de cachecóis dos dois clubes, algumas camisetas, peguei meu carro e vim. Foi o jeito de aproveitar a festa do meu povo e também ganhar um dinheiro com isso”, disse o vendedor, entre um sorriso e uma nova venda, todas elas estipuladas ao preço de 10 (pouco mais de R$30).

 

Outra ação que chama muito a atenção dos presentes em Lisboa é a dos torcedores em ingressos. Em sua grande maioria usando placar do tipo I need ticket, compro ingresso e afins, os fanáticos de Real Madrid e Atlético lutam por uma entrada para a partida e chegam a oferecer até 3 mil euros pelo bilhete.

Diferentemente do que acontece no Brasil, a ação dos cambistas em Lisboa é bem discreta, pra não dizer rara. Em alguns becos, torcedores se misturam a eles e contam as notas de euros sem serem notados, para assim não causar alvoroso. Questionado pela reportagem do Top of the Pops sobre quanto cobraria para vender seu ingresso, um dos poucos cambistas, de poucas palavras, pediu 5 mil euros em troca de um bilhete, que inicialmente não custava mais de 300 euros.

Real Madrid e Atlético de Madrid se enfrentam neste sábado (24), às 15h45 (horário de Brasília), no Estádio da Luz, em Lisboa. E o Top of the Pops trará todos os detalhes da grande final da UEFA Champions League. Fiquem ligados!

Sem mais artigos