Apesar de todo o discurso anti-capitalista, Rodinei (Jayme Matarazzo) vai se render ao sistema em Cheias de Charme. De acordo com o blog de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, o grafiteiro terá seu trabalho reconhecido na Alemanha e vai se tornar rico no fim da novela.

O artista se muda para Berlim acompanhado de Liara (Tainá Müller), após fazer sucesso no país europeu. Lá, Rodinei conquista ganha muito dinheiro e torna-se poderoso.

Quando ele volta para o Rio de Janeiro, compra a Galerie (loja que, no passado, ele pichou em protesto) e faz uma festa de reinauguração para burguês nenhum botar defeito. O evento conta até com a apresentação do músico Marcelo D2.

Cheias de Charme, assinada por Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, terá seu último capítulo exibido no próximo dia 28. O remake de Guerra dos Sexos, de Silvio de Abreu, será sua substituta no horário das sete. A estreia está marcada para o dia 1º de outubro.

Sem mais artigos