Cher não mediu palavras ao falar do filme Burlesque, de 2010, que estrelou ao lado de Christina Aguilera. “Não é um filme bom”, explicou em entrevista ao Los Angeles Times. “Tive bons momentos, mas eu nem gostei da minha própria atuação tanto assim. O que, eu não tenho um cérebro? Posso ser velha, mas ainda estou no topo das coisas”, disparou.

Após a publicação da entrevista, Cher foi alvo de críticas no Twitter, especialmente dos fãs de Aguilera. Não se desculpou, mas mostrou arrependimento: “Não mantive a minha grande boca cheia de opiniões calada. Qual é a p*** do meu problema? Sou muito velha para cair em armadilhas assim”, lamentou.

“Deveria ter dito o seguinte: não gostei muito, mas ela está quebrando barreiras, sendo uma artista! Ela é talentosa e não cometeu um crime”, disse, referindo-se a Aguilera.

A diva gay de 68 anos, que gahou o Oscar de Melhor Atriz em 1998 por Feitiço da Lua, lançou em setembro o seu primeiro disco em mais de 10 anos, Closer To The Truth.

Sem mais artigos