Ao que tudo indica, o chefe Simon Cowell se arrependeu de demitir Cheryl Cole do júri do X Factor americano. Segundo o jornal The Sun, ele estaria negociando para agilizar o retorno da estrela à bancada do programa.

“Simon percebeu que cometeu um erro grave, e que está trabalhando para ter Cheryl de volta”, disse uma fonte ao jornal.

Houve boatos de que o sotaque de Cheryl tinha sido um problema no show, mas parece que isso não vem ao caso.

A ex-Pussycat Doll, Nicole Scherzinger, que já havia sido cotada para substituir Cheryl em X Factor, provavelmente será uma co-apresentadora do show de talentos.



Sem mais artigos