As telas do Festival de Cannes exibirão cinco produções brasileiras em sua 64ª edição, que começa na próxima quarta (11), sendo uma delas com chances de trazer prêmio para casa, o longa-metragem Trabalhar Cansa, dos diretores paulistas Juliana Rojas e Marco Dutra.

A obra, que compete na seção Un Certain Regard, aborda a instabilidade da vida do casal Helena e Otávio após o marido ficar desempregado. Orçado em R$ 2,5 milhões, o filme é protagonizado por Helena Albergaria e Marat Descartes.

Fora de competição, o diretor cearense Karim Aïnouz exibe seu trabalho na seção Quinzena dos Realizadores com o longa O Abismo Prateado, baseado na canção Olhos nos Olhos, de Chico Buarque. A atriz Alessandra Negrini protagoniza o elenco.

Os outros três filmes nacionais são curtas-metragens. Permanências, do mineiro Ricardo Alves Júnior, brilha na seção Semana da Crítica; Duelo Antes da Noite, da estudante Alice Furtado (Universidade Federal Fluminense – UFF), vai para a Cinéfondation; e Sobre o Menino do Rio, de Felipe Joffily, aparece na Short Film Corner. 

Cinema brasileiro brilha em Cannes com chance de prêmio

Sem mais artigos