E não param de chegar as notícias envolvendo Cinquenta Tons de Cinza, o aguardado filme baseado no bestseller homônimo, e que estreia mundialmente na semana que vem – quer dizer, mundialmente, menos na Malásia.

Isso mesmo. De acordo com o jornal The Star, a Malásia decidiu banir o filme, e assim a obra não entrará em cartaz nos cinemas de lá. O motivo é óbvio: o departamento de censura do país definiu o filme como “sádico” e “pornográfico”.

A UIP – united International Pictures -, distribuidora da obra, confirmou que o filme não será exibido na Malásia.

Casos de censura no país já são comuns. Anteriormente a Malásia proibiu Bruno, a comédia de Sacha Baron Cohen, por “promover a homossexualidade”, e o épico Noé, por “descaracterizar um personagem profético”. Exigente a Malásia, não?

50 Tons de Cinza

"Cinquenta Tons de Cinza" foi banido da Malásia

Sem mais artigos