Finalmente foi confirmado o ator que dará vida a Jeff Buckley, cultuado cantor e compositor que morreu afogado em 1997, na cinebiografia oficial. Segundo os produtores do filme, trata-se de Reeve Carney, que interpreta o Homem-Aranha no criticado musical da Broadway, Turn Off the Dark.

Além de ter uma banda, Carney canta e atua no musical como Peter Parker, o que pode ajudar na interpretação do idolatrado compositor do disco Grace. Outros atores estavam na disputa pelo papel, como James Franco, que já tinha demostrado interesse, além de ser o favorito dos fãs graças à semelhança física entre eles. James Marsden (o Ciclope da trilogia X-Men) e Robert Pattinson também tinham interesse no papel. O intérprete do vampiro Edward, da saga Crepúsculo, declarou inclusive que isso tinha virado uma obsessão e chegou até a visitar a mãe do cantor, Mary Guibert, que será produtora-executiva do longa.

Jake Scott, diretor de Corações Perdidos (Welcome to the Rileys), filme com Kristen Stewart e James Gandolfini, vai comandar a cinebiografia. Ele vai dirigir o roteiro de Ryan Jaffe, mais conhecido por seu trabalho em O Roqueiro.

A biografia Dream Brother: The Lives And Music Of Jeff and Tim Buckley, de David Browne, foi sugerida como fonte de pesquisa para o filme e o próprio autor foi solicitado como consultor. Como tem envolvimento da mãe do cantor, todo o arquivo pessoal e as músicas estarão à disposição da produção.

Scott vai começar a filmar a partir de novembro, em Novar York e Memphis. Ainda não há data de lançamento oficial.

Assista Reeve Carney cantando e fique impressionado com a semelhança com Jeff Buckley e, em seguida, o ator apresentando com Bono Vox a canção do musical do Homem-Aranha:

Outra cinebiografia

Além da oficial, Jeff Buckley vai aparecer em outro filme, Greetings from Tim Buckley, que vai mostrar a preparação do cantor para se apresentar na Igreja Brooklyn’s St. Ann’s, em um show tributo a seu pai, morto em 1975. Penn Badley, ator de Gossip Girl, vai interpretar Buckley.

“É, em sua forma mais pura, uma história de pai e filho, um rito de passagem possibilitado por uma jornada romântica em que Jeff se encontra”, disse o produtor Patrick Milling Smith. “Poderemos ver Jeff aceitando quem ele deve ser e se livrando do fantasma de seu pai, enquanto encontra sua própria voz”, completou.

CONHEÇA TODAS AS CINEBIOGRAFIAS DE CANTORES QUE VEM POR AÍ

Sem mais artigos