Ryan Murphy, criador da série Glee, revelou ao site Deadline nesta quinta-feira (15) detalhes do episódio-tributo a Cory Monteith, protagonista da atração que morreu de overdose no dia 13 de julho. Encontrado em um hotel em Vancouver, no Canadá, o ator lutava contra o vício em heroína e já tinha passado por clínicas de reabilitação. 

Ele revelou que a causa da morte do personagem não será contada agora – e talvez nunca seja. “Num certo ponto, iríamos matar o personagem com uma overdose acidental. Mas decidimos que não quisemos que ele morresse desta forma.” 

O roteiro foi escrito na última semana, e as gravações começam nesta sexta-feira. “Houve muitas lágrimas no set de filmagem, tem sido difícil para muitas pessoas”, admitiu. De acordo com Ryan, o episódio tem como objetivo “celebrar a vida do personagem”. “Pode ser estranho para algumas pessoas, mas seria exploratório de qualquer outra forma”, explicou. “Estamos tentando fazer um episódio que não é apenas sobre o luto da equipe, mas o luto dos fãs.”

Sem mais artigos