Logo que Sam Mendes, diretor de 007 Operação Skyfall, confirmou que não será o responsável pelo próximo filme da franquia, o nome de Danny Boyle foi incluído na lista de possíveis substitutos pela imprensa.

Mas o diretor britânico, que se tornou famoso após lançar Trainspotting e o vencedor do Oscar Quem Quer Ser Um Milionário?, disse que “tem medo” e que dirigir um filme de James Bond não é tarefa para ele.

 

O cineasta falou sobre o assunto ao site Cinema Blend, lembrando que teve contato com o universo do agente secreto enquanto preparava a cerimônia de abertura dos jogos olímpicos de Londres, no ano passado, da qual foi diretor artístico.

Em uma das sequências, Daniel Craig, no papel de 007, visitava o palácio de Buckingham e levava a rainha Elizabeth de helicóptero até o estádio onde acontecia a cerimônia. Ao chegar, os dois (substituídos por bonecos) saltavam de paraquedas.

“Por causa daquela coisa com Bond nas Olimpíadas, visitei o set de Operação Skyfall algumas vezes e vi Sam, Daniel, (os produtores) Barbara Broccoli e Michael Wilson e todo mundo. São tipos diferentes de filmes, sabe? São muito grandes. São simplesmente enormes. Eles não teriam o melhor de mim, fazendo esse tipo de coisa”, avaliou.

O próximo filme de Boyle, Trance, estreia no Brasil no dia 5 de abril, tendo James McAvoy, Vincent Cassel e Rosario Dawson no elenco (veja fotos acima). Seu próximo projeto, ainda sem data de lançamento definida, será Porno, adaptação de um romance de Irvine Welsh, o mesmo autor de Trainspotting.


Sem mais artigos