A atriz Deanna Durbin, uma das estrelas juvenis do cinema americano do período entreguerras, morreu aos 91 anos, informou nesta quarta-feira (1) o jornal The New York Times citando o filho da artista, Peter H. David.

Deanna Durbin morreu há alguns dias mas nem a data exata nem as causas do óbito foram reveladas.

A atriz, que em 1946 chegou a ser segunda mais bem paga de Hollywood, atrás apenas de Bette Davis, desapareceu das telas após se casar em 1950 com seu terceiro marido, o diretor francês Charles David, com quem tinha trabalhado em A Dama Desconhecida.

Nascida em 1921, no Canadá, como Edna Mae Durbin, a atriz alcançou a fama em 1936 ao fazer seu primeiro filme, Três Pequenas do Barulho. Depois, Deanna passou a fazer parte do grupo de jovens atrizes cantoras favoritas do período, como Judy Garland e Shirley Temple.

Após uma série de sucessos como atriz adolescente, em obras como Louca por Música e Idade Perigosa, Deanna teve dificuldades para fazer papeis adultos.

Os problemas com seus casamentos se uniram às críticas ruins de seus últimos filmes e após participar de 21 longas ela se mudou para a França, onde viveu com seu terceiro marido.

Deanna Durbin, ex-estrela juvenil de Hollywood, morre aos 91 anos

Sem mais artigos