Sam Mendes, diretor de 007: Operação Skyfall, admitiu que teve dúvidas quanto à escolha de Daniel Craig para viver James Bond. Em entrevista ao The Telegraph, durante a estreia mundial do filme, na noite de terça-feira (23), em Londres, o cineasta contou que mudou de opinião ao assistir as primeiras cenas de Cassino Royale (2006), o primeiro filme de Craig como o agente secreto britânico.

“Eu achei que ele poderia não ser o homem certo para fazer o papel. Pensei que ele poderia ser a escolha errada. E eu levei 30 segundos de Cassino Royale para perceber que estava errado. Ele é um Bond brilhante e mudou completamente o personagem. Ele não fez melhor ou pior. Ele o recriou”, elogiou o diretor.

Premiado com o Oscar de melhor diretor pelo seu trabalho em Beleza Americana, o cineasta disse, ainda, que nunca havia pensado na possibilidade de dirigir um filme de James Bond, até o momento em que o próprio Daniel Craig lhe sugeriu a ideia.

“Não foi até Daniel me perguntar, ‘Você gostaria de fazer um filme de James Bond?’ E eu tive um pressentimento imediato. Por isso, fico grato por ele ter feito essa pergunta para mim”, afirmou.

Sem mais artigos