David Fincher prefere que Os Homens Que Não Amavam as Mulheres não seja exibido na Índia a realizar cortes no filme. O lançamento naquele país deveria acontecer no próximo dia 10, mas foi cancelado definitivamente.

Isso aconteceu porque o Conselho Central de Classificação de Filmes da Índia exigiu que fossem eliminadas diversas cenas, incluindo uma sequência de sexo entre dois personagens importantes e um violento ataque sexual. Mas o diretor se recusou terminantemente a fazer isso.

O cancelamento da exibição foi anunciado em um comunicado oficial da filial da Sony em Mumbai, que diz o seguinte: “A Sony Pictures não vai lançar Os Homens Que Não Amavam as Mulheres na Índia. O Conselho Censor julgou o filme inadequado para exibição pública em sua forma inalterada e, como estamos comprometidos em manter e prometer a visão do diretor, iremos, como sempre, respeitar as diretrizes do Conselho”.

O filme, que é protagonizado por Daniel Craig e Rooney Mara e está em cartaz no Brasil, já faturou mais de US$ 150 milhões desde sua estreia mundial. Ele é a primeira parte de uma trilogia baseada na saga Millenium, do escritor Stieg Larsson, que já rendeu anteriormente três filmes suecos.


Sem mais artigos