O diretor britânico Sam Mendes qualificou como épico o novo filme de James Bond, 007- Operação Skyfall, protagonizado por Daniel Craig e que tem estreia no Brasil marcada para 26 de outubro.

Em entrevista publicada nesta quinta-feira pela revista de cinema Total Film, o diretor da última saga do agente 007 adiantou que o filme terá um protagonista com uma personalidade mais profunda e “tridimensional”.

“À medida em que o filme avança, fica mais épico”, assinalou Mendes. O filme, que tem quase duas horas e meia, se transformará no mais longo da saga, título que antes pertencia ao sexto filme da saga, A Serviço Secreto de Sua Majestade, que tem 142 minutos.

“Fico maravilhado com a magnitude deste filme. Tive a possibilidade de colocar tudo o que sempre quis incluir em um filme de James Bond”, acrescentou o cineasta britânico.

007- Operação Skyfall será o 23° filme da franquia 007 e o terceiro protagonizado por Daniel Craig, que tentará salvar o mundo do vilão Raoul Silva, interpretado pelo espanhol Javier Bardem, que aparece com um chocante e comprido cabelo loiro. A música tema do filme é da cantora inglesa Adele.

A contagem regressiva para que a última produção do agente secreto chegue ao cinema, coincide com os atos de celebração pelo 50° aniversário de O Satânico Dr. No, o primeiro filme da saga, que estreou em 5 de outubro de 1962.

Para homenagear o filme, a casa Christie’s realiza, nesta sexta-feira (5), um leilão beneficente de artigos de James Bond, como um Aston Martin DBS utilizado em The Quantum of Solace e um traje de banho azul que Daniel Craig usou em Cassino Royale.

Além disso, a plataforma de televisão por satélite Sky irá inaugurar, no mesmo dia, um canal exclusivo dedicado ao agente 007, no qual os seguidores da saga poderão ver, até o dia 4 de novembro, os 22 filmes de James Bond, assim como outros títulos e séries televisivas baseadas na história de Ian Fleming.

Sem mais artigos