Uma aula do cineasta alemão Werner Herzog na próxima quinta-feira (22) será o prato principal do Festival 4+1, que, além da sede no Rio de Janeiro, também será realizado simultaneamente em Bogotá, Buenos Aires, Cidade do México e Madri.

O diretor de Fitzcarraldo usará imagens e músicas para apresentar, segundo suas próprias palavras, “uma sessão inquieta cheia de fantasia, emoções, vidas e ideias, além de filmes e de entusiasmo”, informou a organização do evento em uma nota.

A palestra, que será realizada no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, também será retransmitida na internet por meio do site do festival (www.festival4mas1.com).

Já a mostra de filmes será inaugurada nesta quarta-feira com Além do Azul Selvagem, uma crônica de Herzog sobre um grupo de astronautas que se encontra em uma espécie de limbo espacial sem a possibilidade de retornar a um desabitado planeta Terra.

Durante os cinco dias seguintes, o Rio de Janeiro, em sua inédita condição de cidade sede, continuará abrigando o Festival 4+1, caracterizado por apresentar longas-metragens premiados em festivais internacionais que não ainda foram distribuídos.

Desta forma, se misturam os últimos filmes de reconhecidos diretores, como Abel Ferrara (4:44 Last Day on Earth) e Frederick Wiseman (Crazy Horse), com outros que estão despontando agora no cinema independente internacional, como Marie Losier (The Ballad of Genesis and Lady Jaye) e Rodrigo Plá (A Demora).

Ao todo, serão exibidos 14 filmes nesta edição, todos na disputa do Prêmio 4+1, que é definido pelo público das cinco cidades mediante a voto. O vencedor, além da estatueta desenhada pelo escultor espanhol Alfredo García Revuelta, ainda recebe uma quantia de US$ 25,6 mil.

O Centro Cultural Banco do Brasil será a sede do festival no Rio de Janeiro, mas os filmes das demais sedes também poderão ser acompanhados, de 21 a 30 de novembro, através da sede online do 4+1 no portal de cinema Filmin (www.filmin.es).

Sem mais artigos