Entrou em cartaz na quinta (09) nos cinemas do país o documentário brasileiro Ilegal, dirigido por Raphael Erichsen e Tarso Araújo, levando para as telas uma das discussões mais polêmicas do Brasil e que ainda divide opiniões: a legalização da maconha.

Na verdade, a bandeira do filme é a regulamentação da maconha medicinal – ou seja, o assunto é a luta contra a burocracia que impede a legalização da cannabis para fins médicos.

No filme, são apresentados casos reais de pessoas (adultos e crianças) sofrendo de raras síndromes cujos tratamentos podem ser otimizados com o uso de remédios derivados da maconha.

O doc traz o caso de Anny Fischer, menina portadora de uma epilepsia rara, que tornou-se a primeira pessoa autorizada a usar a cannabia medicinal no Brasil.

O filme é uma produção da produtora paulistana 3Film em parceria com a revista Super Interessante, que vem tratando o assunto em reportagens há tempos. Vale conferir.

Sem mais artigos