O ativista de direitos humanos russo Michael Lucas lança em abril o documentário Campaign of Hate: Russia and Gay Propaganda, que mostra as diversas violações de direitos humanos propagadas pela lei anti “propaganda gay” balizada pelo presidente Vladimir Putin na Rússia.

“Houve muita atenção ao fato antes das Olimpíadas de Inverno de Sochi, e queremos estender essa atenção para depois dos Jogos”, explicou Michael ao site Huffington Post. “O mundo precisa ver o que está acontecendo com a comunidade GLBT na Rússia”, continua.

O trailer do longa-metragem mostra cidadãos russos contando sobre suas experiências no país, que incluem perseguição política, espancamentos e outros abusos. Episódios de violência, tortura e humilhação se tornaram frequentes e no país e têm sido divulgados pela internet. Organizações de direitos humanos pelo mundo e artistas como Madonna, Cher e Elton John se posicionaram contra o governo russo desde então.

O trailer mostra ainda entrevistas com civis feitas em Moscou, nas quais demonstrações e homofobia e preconceito aparecem sem filtro. “Foi difícil entrevistar pessoas, incluindo mulheres que diziam que homens gays adotam crianças apenas para molestá-las”, admitiu Lucas, que é gay.

 

Assista ao trailer (em inglês):

Sem mais artigos