Procurando Nemo, da Disney/Pixar

| Créditos: reproducao
| Créditos: divulgacao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
| Créditos: reproducao
Procurando Nemo | Créditos: reproducao

Um dos personagens mais queridos de Procurando Nemo, Dory deve ter mais uma vez a voz de Ellen DeGeneres. De acordo com o site The Hollywood Reporter, a comediante já negocia com a Disney/Pixar o retorno ao papel da peixinha desmemoriada.

Mas, ao menos por enquanto, DeGeneres é a única do elenco original já procurada pelo estúdio. Ainda não se sabe se Albert Brooks (Marlin), Willem Dafoe (Gill) e Geoffrey Rush (Nigel), entre outros, também voltarão.

Outra grande dúvida é em relação ao dublador do próprio Nemo. Quando emprestou a voz ao personagem, Alexander Gould tinha apenas nove anos, mas agora o ator, que faz parte do elenco da série Weeds, já está com dezoito.

Procurando Nemo 2 só estreia em 2016, em uma data ainda não  anunciada, mas a Disney/Pixar já confirmou que o diretor será Andrew Stanton, o mesmo do primeiro filme e de John Carter.

Lançado em 2003, Procurando Nemo arrecadou US$ 867 milhões e ganhou o Oscar de melhor animação. Uma versão 3D do filme chega aos cinemas dos EUA no dia 14 de setembro e, no Brasil, no dia 2 de outubro deste ano.


Ellen DeGeneres negocia com Disney/Pixar para dublar Dory em Procurando Nemo 2

Sem mais artigos