Emma Watson, que estrela o novo filme de Sofia Coppola, Bling Ring – A Gangue de Hollywood, confessou que quase não prosseguiu com a carreira de atriz depois de fazer Harry Potter. Em entrevista à revista Entertainment Weekly, a artista diz que teve “medo de palco” por um tempo e que pensou em parar.

Em 2009, a artista se matriculou na Universidade Brown, nos Estados Unidos, e esteve afastada do showbiz. Ela chegou a ser incentivada por um professor a parar de atuar. “Por um tempo, eu comprei a ideia, ‘Será que eles vão conseguir fazer qualquer outra coisa depois de Harry Potter?’. Me deu a sensação de paralisia e medo de palco por um tempo”, contou.

“Eu estava realmente lutando com isso e não estava me sentindo bem em relação a isso. E, então, ficou tão ruim e as pessoas haviam me colocado tanto em uma caixa que isso começou a me deixar irritada. Eu, de repente, quis provar que elas estavam erradas. Isso me deu combustível, de alguma forma. Eu não sei exatamente por que essa mudança aconteceu”, disse.

A atriz diz que sua participação no filme As Vantagens de Ser Invisível (2012) foi o momento em que soube que queria continuar atuando. “Eu estava em dúvida, mas daí li o roteiro de As Vantagens de Ser Invisível. E o fato de ter me apaixonado por aquilo e de ter tido uma experiência tão boa meio que selou o acordo para mim”, disse.

Bling Ring tem estreia no Brasil marcada para o dia 16 de agosto. Baseado em fatos reais, o filme conta a história de uma gangue de ladras em Hollywood que roubou personalidades como Paris Hilton, Lindsay Lohan, Rachel Bilson e Orlando Bloom.

Sem mais artigos