Crepúsculo dos Deuses (Sunset Boulevard), sétimo filme do diretor Billy Wilder, mostra o drama de uma “atriz madura que se recusa a acreditar na morte de sua glória e tem uma ideia fixa: voltar aos estúdios de que há muitos anos está afastada”, nas palavras do crítico Antonio Moniz Vianna.

O filme tem 65 anos, mas o tema continua em voga. Quatro produções de 2014 têm com base esse argumento: atores em crise em busca de uma fama e juventudes perdidas: Mapa para as estrelas, Birdman, Acima das Nuvens e O último ato. Listamos outros filmes que abordam esse universo. Olha lá na galeria acima.

Assim como Norma Desmond (Gloria Swanson), protagonista do clássico de Wilder, a atriz Havana Segrand (Julianne Moore) busca desesperadamente um trabalho que a coloque de volta em relevância no competitivo e cruel mercado cinematográfico de Hollywood, no longa Mapa paras as estrelas, de David Cronenberg (2014).

Veja abaixo os filmes de 2014 sobre atores em crise.

Mapa para as estrelas, de David Cronenberg 

O papel almejado por Havana é um remake de um sucesso estrelado pela mãe da atriz, Clarice (Sarah Gadon) na década de 60. Diante de toda pressão pela celebridade, ela encara um tratamento psicológico com o psicoterapeuta Stafford (John Cusack).  O filme estreia 26 de março no Brasil.

Birdman ou (A inesperada virtude da ignorância), de Alejandro González Iñárritu

Riggan Thomson (Michael Keaton) é um ator conhecido por estrelar os filmes do super-herói Bridman. Ele recusa o convite pra estar no quarto filme da série.

Para não cair no esquecimento completo, ele produz, roteiriza, dirige e atua em uma peça da Brodway, adaptação de um famoso texto. What we talk about when we talk about love é um coletânea de histórias curtas do escritor Raymond Carver.

Tem nove indicações ao Oscar, entre elas a de melhor filme, melhor diretor, melhor ator, melhor ator coadjuvante, melhor atriz coadjuvante, melhor roteiro original. Está em cartaz.

Acima das nuvens, de Olivier Assayas

A crise da idade está no centro do longa francês estrelado por Juliette Binoche, que vive a atriz bem-sucedida Maria Enders. Ela se vê confrontada com seu passado ao ser convidada para atuar ao lado de uma jovem, famosa e problemática atriz, Jo-Ann Elis (Chlöe Grace Moretz).

Na peça, Jo-Ann fará o papel que foi de Maria anos atrás e que a consagrou como atriz. A veterana atriz então vai para os Alpes para ensaiar e leva junto sua assistente, Valentine (Kristen Stewart). Está em cartaz.

O último ato, de Barry Levinson

Realidade e ficção se misturam a ponto de o personagem principal não conseguir distinguir mais o que é uma e outra.

Adaptado do romance A humilhação, de Philip Roth, o filme está centrado na figura de Simon Axler (Al Pacino), veterano ator da Broadway, que faz um autoexílio em sua casa de campo.

Ele começa um romance pra lá de estranho com a afilhada lésbica,Pegeen (Greta Gerwig), 40 anos mais jovem que ele. Estreia 26 de março.

Sem mais artigos