Um novo estudo da RioFilme, empresa de investimentos em audiovisual da Prefeitura do Rio de Janeiro, traz um prognóstico animador sobre a indústria do cinema no Brasil. De acordo com a pesquisa, comandada pelo jornalista Sérgio Sá Leitão, a cada R$ 1 investido em um filme, R$ 5 podem ser alavancados em outras fontes e R$ 34 podem ser gerados para o PIB.

A empresa, que está por trás de projetos como o longa-metragem Rio, Eu Te Amo, da franquia internacional Cities of Love, vai investir R$ 40 milhões em projetos em 2014, incluindo internet, cinema e televisão.

Com informações do jornal O Globo.

Sem mais artigos