A Desolação de Smaug, segundo filme da trilogia O Hobbit

Bilbo (Martin Freeman)

Depois de ser fotografada nos bastidores, Evangeline Lilly posou pela primeira
vez para uma foto oficial como Tauriel, a elfa que vai interpretar nos dois
últimos filmes da trilogia O Hobbit.
Sua primeira aparição nas telas acontecerá ainda este ano, em A Desolação de Smaug, que estreia no dia
20 de dezembro.

A personagem, que não existe nos livros de J.R.R. Tolkien, foi criada pelo
roteirista e diretor Peter Jackson
e, segundo a própria Lilly, conhecida por ter sido a Kate Austen da série Lost, será “mais espontânea e passional”
do que seus colegas Legolas (Orlando
Bloom
) e Thranduil (Lee Pace).

Fotografada com um arco e prestes a disparar uma flecha,
Lilly explica ainda que sua personagem “não hesita em matar”. Em uma entrevista
à Entertainment Weekly, ela deu mais
detalhes sobre Tauriel.

“Ela é uma elfa Sylvan, o que significa que pertence a uma
ordem muito inferior a dos elfos que conhecemos em O Senhor dos Anéis. Ela não tem o mesmo tipo de status que Arwen (Liv Tyler) ou Galadriel (Cate Blanchett), Elrond (Hugo Weaving) ou Legolas – ela está
muito abaixo. Ela meio que contraria um pouco a ordem social dos elfos”,
adiantou.

A atriz revelou ainda que a elfa terá um romance, e insinuou
que Legolas pode ser seu par. “Ela definitivamente terá uma história de amor. Não
posso falar muito sobre isso. Não é o foco, mas é importante e conduz Tauriel e
sua história e suas ações”, disse.

Sem confirmar ou negar que o personagem de Bloom possa ser
seu eleito, ela comentou a relação de Tauriel e Legolas. “A relação deles é
importante. Eles se conhecem desde que eram crianças e o pai dele, Thranduil,
tem simpatia por Tauriel e vê algo especial nela. Então, se você cresce lado a
lado, e seu pai tem uma simpatia muito especial em seu coração por essa jovem
que é uma guerreira fantástica, acho que é difícil não prestar atenção nela. E
isso é, provavelmente, o máximo que posso dizer”, explicou.

Ainda na mesma entrevista, Lilly afirmou que está preparada
para lidar com possíveis críticas dos fãs que não concordam com a inclusão de
personagens não criados por Tolkien. “Sei, sem sombra de dúvidas, que algumas
pessoas vão odiar totalmente Tauriel, achar que ela não deveria estar no filme,
que é uma traição a Tolkien e que, não importa o que eu faça, não será certo”,
garantiu.

“Vai haver de tudo, desde essas pessoas até aquelas que vão
adorá-la e achar que ela é um acréscimo divertido ao filme. Meio que me sinto
preparada para isso porque fiz Lost,
onde tínhamos fãs exaltados que tinham sentimentos realmente extremos sobre a
série e seus personagens. Mas acredito que, se alguém sabe como respeitar
Tolkien, esses são Peter, Fran e Phil. E Tauriel se encaixa perfeitamente
naquele mundo”, concluiu, mencionando Jackson e suas corroteiristas Fran Walsh e Philippa Boyens

Evangeline Lilly revela detalhes sobre Tauriel e aparece em foto oficial de O Hobbit: A Desolação de Smaug

Sem mais artigos