Conheça toda a carreira de Ewan McGregor no cinema

Nascido em 31 de março de 1971, o escocês Ewan McGregor nunca teve muitas dificuldades para provar seu talento. Trabalhando desde os 17 anos, ele já apareceu das mais diferentes formas nas telas: foi surfista, roqueiro glam, padre, homossexual, drogado, fez personagens de época, dublou um robô e até empunhou uma espada jedi.

Quinze anos depois do lançamento do clássico Trainspotting – Sem Limites, Ewan McGregor voltou a falar do filme que o consagrou. Segundo o ator, ele se sentiu atordoado e instável após assistir ao filme pela primeira vez.

“Quando fiz Trainspotting não pensei ‘este sou eu, este é meu momento”, disse ele ao The Big Issue. “Mas tenho sentimentos maravilhosos pelo filme. Eu já achava o livro fantástico, ele realmente sacava o espírito do país. Sabia também que Danny (Boyle) era o melhor diretor para fazer isso. E nós tivemos aquele elenco fantástico”, acrescentou.

“Então eu tinha muita, muita expectativa para vê-lo. Mas não podia imaginar… lembro de ter visto a primeira vez, em Londres com minha esposa e tio, e ter ficado atordoado e instável. Foi extraordinário”.

“Mas eu já tinha uma forte auto-confiança em relação ao filme, então não senti que iria me impulsionar particularmente. Agora, é claro que eu vejo que sim. Tornou-se um filme global e me colocou bem nos olhos do público”, avaliou.

McGregor e Boyle trabalharam juntos ainda em Por Uma Vida Menos Ordinária (1997) e talvez se reúnam de novo em Pornô, adaptação da sequência de Trainspotting, escrita por Irvine Welsh.

Porém, em 2010, o ator declarou que a continuação não seria feita em um filme futuro e Boyle garantiu que só toparia dirigir se fosse com o elenco original. 

Ewan McGregor diz que Trainspotting o deixou atordoado e instável

Sem mais artigos