Amber Heard é processada por produtores de filme

Divulgação Amber Heard é processada por produtores de filme

Amber Heard está sendo processada pelos executivos responsáveis pela produção de London Fields. Os cineastas pedem US$ 10 milhões (cerca de R$ 33 mi) de indenização por quebra de contrato, além de alegarem que ela  contribuiu com o diretor do longa em um empenho coletivo de modificar o conteúdo do roteiro sem a autorização de seus superiores.

Segundo os autores da ação, críticas públicas feitas por Amber aos produtores resultaram em uma campanha publicitária negativa em cima do longa. Curiosamente, o diretor de London Fields, Mathew Cullen, também pede US$ 1 milhão em um processo de indenização por ele ter sido afastado do projeto durante sua pós-produção, além de mudanças radicais no conteúdo final que ainda não tem previsão para chegar aos cinemas.

A história é inspirada no livro homônimo de Martin Amis, escrito em 1989, e conta a história de uma paranormal vivida por Heard que prevê que será assassinada por um de seus três namorados.

O elenco ainda conta com Billy Bob Thorton e uma participação especial de Johnny Depp, que recentemente protagonizou um violento processo de divórcio de Amber, que alegou ter sido agredida diversas vezes pelo astro durante o casamento. A separação rendeu para a atriz cerca de US$ 7 milhões, que ela resolveu encaminhar para instituições de caridade.

Sem mais artigos