Cristiane Machado mentiu sobre agressões, segundo ex-marido Sérgio Schiller

O ex-marido da atriz global Cristiane Machado, o diplomata Sérgio Schiller Thompson-Flores, contou em entrevista ao programa da RedeTV!, A Tarde É Sua, a sua versão sobre a briga e o barraco que o fez ficar 7 meses preso. Segundo ele, tudo não passou de uma armação da ex-mulher para conseguir dinheiro.

 

 

“Essas imagens [da briga] foram a maior manipulação da mídia e opinião pública tentando influenciar o Judiciário que já vi em toda minha vida. São imagens editadas e adulteradas. Eu sabia o que tinha vivido. Fui eu sendo agredido 5 horas e ela usou minhas reações em alguns segundos, totalmente editadas, para caracterizar que eu era o agressor”, disse Sérgio.

 

De acordo com o diplomata, ele contratou uma perita renomada, que concluiu que as imagens estavam mesmo editadas, fato que a polícia também confirmou no processo posteriormente, levando a juiza que apurava o caso a suspender as gravações dos autos do processo.

 

“A juiza decretou que as imagens eram ilegais e clandestinas e mandou retira-las como elemento de prova. A perícia da Polícia Civil confirmou exatamente aquilo que a que eu contratei havia confirmado”, explicou. Sergio acusou Cristiane de arquitetar um plano se apoiando em medidas protetivas para tentar tirar dinheiro dele.

 

O diplomata ainda afirmou que parentes da atriz sabiam de tudo o que estava arquitetado e que ajudaram no processo de forma direta e indireta. “Ela forjou o descumprimento da medida protetiva. Não vou permitir que meu nome seja enlameado por uma história falsa. Estou lutando para que a verdade seja estabelecida”. Cristiane Machado ainda não se pronunciou sobre a entrevista.

Sem mais artigos