Luana Don foi presa em SP

Reprodução Luana Don foi presa em SP

Agentes da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) do Rio de Janeiro prenderam, nesta terça-feira (4), em Ilha Bela, litoral norte de São Paulo, a jornalista e advogada Luana de Almeida Domingos, 32 anos, conhecida como Luana Don, ex-repórter do Superpop , da RedeTV!. A ação teve apoio da Polícia Civil de São Paulo.

As corporações trabalharam juntas em uma investigação que descobriu o envolvimento de Luana com o Primeiro Comando da Capital (PCC). Ela passava informações aos líderes da facção, atuando como “pombo-correio.” Luana estava em uma organização chamada “sintonia das gravatas”, que transmitia as ordens da cúpula de São Paulo para os integrantes do grupo criminoso no Rio.

whatsapp-image-2017-07-04-at-11.05.53

Luana estava foragida no distrito litorâneo e sua captura tinha uma recompensa de R$ 50 mil do Estado de São Paulo para quem desse informações do seu paradeiro.

Luana Don trabalhou entre 2012 e 2015 como repórter no Superpop , programa apresentado por Luciana Gimenez. Ela será apresentada na Divisão de Capturas (Decade) na capital paulista ainda nesta terça.

Sem mais artigos