Febre do Rato, de Cláudio Assis

Febre do Rato

O brasileiro Febre do Rato, de Cláudio Assis, ganhou o prêmio Havana Star de melhor filme do Festival de Cinema de Havana de Nova York, que foi encerrado na sexta-feira (19) com a projeção do premiado longa uruguaio 7 Cajas.

No total, o festival reuniu, desde 12 de abril, 45 filmes da Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, México, Estados Unidos, Espanha e Venezuela.

O prêmio de melhor diretor foi para o chileno Fernando Lavadeiros, por Las Cosas Son Como Son, e o de melhor roteiro ficou com o argentino Paisajes Devorados, de Eliseo Subiela.

No encerramento da edição deste ano, o público prestou homenagem a Alfredo Guevara, fundador do Instituto de Cinema de Cuba e presidente do Festival Internacional de Novo Cinema Latino-Americano, que morreu nesta sexta-feira, aos 87 anos de idade. 

Febre do Rato, do brasileiro Cláudio Assis, é eleito o melhor filme do festival de Havana

Sem mais artigos