O Festival de Cinema de Cannes, que será aberto nesta quarta-feira, contará com um delicado equilibro entre o mais profundo cinema de autor, com Michel Haneke, David Cronenberg e Carlos Reygadas, e o glamour das estrelas, caso de Nicole Kidman, Robert Pattison, Marion Cotillard e Sean Penn.

Em seu 65º aniversário, Cannes celebra sua festa com muito glamour. O cartaz oficial da edição, por exemplo, traz uma bela foto de Marilyn Monroe soprando a velinha de um bolo. Além da rigorosa seleção na mostra competitiva, o festival também destacará filmes para todos os gostos e estrelas de todos os tipos, que não serão apresentadas somente em filmes.

Esse é o caso de Sean Penn, que será protagonista de um evento especial que arrecadará fundos para o Haiti, enquanto o estilista italiano Giorgio Armani aparece como mestre de cerimônias desta mesma atração.

Armani também não será o único estilista que marcará presença em Cannes, já que o francês Jean-Paul Gaultier aparece como um dos escolhidos para compor o júri presidido por Nanni Moretti, assim como Diane Kruger, Ewan McGregor e Alexander Payne.

A maioria das estrelas chegará a Cannes para apresentar seus últimos trabalhos, seja dentro ou fora da competição. Com 12 dias na programação, o festival transformará essa localidade francesa no centro das atenções do cinema mundial.

O festival, que será inaugurado com a exibição do filme Moonrise Kingdom, de Wes Anderson, destacará inúmeras estrelas em seu tapete vermelho – como o hollywoodiano Bruce Wilis, protonista deste filme. Bill Murray, Edward Norton e Frances McDormand também estão neste elenco.

O ator Brad Pitt será um dos destaques mais esperados da segunda semana, quando entrará em cena com Killing Them Softly, um thriller que também conta com a participação de James Gandolfini e Ray Liotta. A única dúvida neste caso é saber se o ator estará acompanhado por sua esposa, Angelina Jolie.

Nicole Kidman, Zac Efron, Marion Cotillard, Kylie Minogue, Robert Pattinson e Kristen Stewart também são aguardados em Cannes, embora o casal vampiresco esteja representando filmes diferentes.

Para mostrar que o cinema não é só feito de brilho e de tapete vermelho, o Festival de Cannes ainda preparou um programa especifico na seção oficial com nomes de peso.

Um dos mais esperados é o austríaco Michael Haneke, que ganhou a Palma de Ouro em 2009 com A fita branca. Agora, ele volta ao festival com Amour, um filme protagonizado por Isabelle Huppert e Jean-Louis Trintignant.

Após Gosto de Cereja, o iraniano Abbas Kiarostami, com Like Someone in Love, buscará sua segunda Palma de Ouro, assim como o britânico Ken Loach com o filme The Angels’ Share. Anteriormente, Loach já havia sido premiado com Ventos da Liberdade.

Na mesma situação se encontra o romeno Cristian Mungiu, que após conquistar a crítica e o público com 4 meses, 3 semanas, 2 dias, chega a Cannes com Beyond the Hills, enquanto o canadense David Cronenberg e o dinamarquês Thomas Vintenberg buscam ainda disputam a primeira Palma.

Cronenberg competirá com Cosmopolis, uma adaptação do livro de Don DeLillo, que destaca Robert Pattinson, Juliette Binoche, Paul Giamatti, Samantha Morton e Mathieu Amalric no elenco.

Já Vintenberg concorre com Jagten, um drama rodeado de neve e no qual a sobrevivência é a única chave. Essa mesma temática também é observada em De rouille et d’les, de Jacques Audiard, que adapta relatos de Craig Davidson e traz Marion Cotillard como protagonista.

Lawless, do australiano John Hillcoat, também destaca muitas estrelas em seu elenco, como Shia Labeouf, Jessica Chastain e Mia Wasikowska, enquanto The Paperboy, do americano Lee Daniels, conta com Nicole Kidman, Zac Efron, Matthew McConaughey e John Cusak.

Holy Motors, do francês Leos Carax, também se destaca dentro deste quesito ao apresentar duas das estrelas mais esperadas para esta edição: Eva Mendes e a cantora Kylie Minogue.

O filme do diretor brasileiro Walter Salles, intitulado Pé na Estrada – uma adaptação do livro de Jack Kerouac -, também conta com um elenco de peso, com Kristen Stewart, Kirsten Dunst, Viggo Mortensen, Amy Adams e Alice Braga, que, por sua vez, estrela o cartaz de divulgação do longa.

O mexicano Carlos Reygadas, que ganhou o Prêmio do Júri com Luz Silenciosa em 2007, volta a Cannes com Post Tenebras Lux.

Fora da competição, o festival destaca Io e te, de Bernardo Bertolucci, e a terceira parte da série de animação Madagascar.

Como não é só de cinema que vive Cannes, o festival também contará com inúmeras festas, benéficas ou propagandistas, e fãs à caça de autógrafos, os quais percorrerão a calçada da Croisette a qualquer hora do dia e da noite atrás de seus atores favoritos.

Sem mais artigos