O Festival de Cinema de Gramado, o mais importante do calendário cinematográfico nacional, começa nesta sexta-feira (8) na região serrana do Rio Grande do Sul com filmes da Argentina, Chile, Uruguai e Venezuela na categoria de longas estrangeiros em competição.


Em sua 42ª edição, o festival apresenta cinco filmes latino-americanos na categoria longas estrangeiros: Algunos Días Sin Música (Argentina), El crítico (Argentina), Las Analfabetas (Chile), El lugar del Hijo (Uruguai) e Esclavo de Dios (Venezuela).

Dentro da categoria curtas brasileiros também há uma produção denominada La Llamada, a qual resgata a história de Lázaro Escarze, um revolucionário cubano de 87 anos que vive na cidade em que foi instalado o primeiro telefone, enquanto o filme tenta revelar qual será a primeira chamada do idoso.

O Festival de Cinema de Gramado chega a sua 42ª edição com 43 filmes na disputa pelo chamado Kikito, os quais são divididos em quatro categorias: curtas gaúcho, curtas brasileiros, longas brasileiros e longas estrangeiros.

Desde a última quarta-feira (6), os moradores do município desfrutam de eventos prévios à inauguração oficial do festival, incluindo uma mostra de filmes de edições anteriores relacionadas com a cidade.

Sem mais artigos