Quem esperava altas temperaturas nas cenas de sexo de Cinquenta Tons de Cinza – filme baseado nos livros de E.L. James, com estreia nos Estados Unidos marcada para 2015 – pode sair dos cinemas um pouco frustrado. De acordo com Michael De Luca, produtor do filme, o longa não será tão explícito quanto o livro.

“Nós temos o cuidado de não fazer qualquer coisa gratuita ou exploratória enquanto se mantém fiel à história do livro. e aos fãs dele”, disse De Luca, em entrevista ao site Deadline.

“Vamos dar o que os fãs esperam, que é uma história de amor intensa e erótica. Obviamente, o filme não pode ser tão explícito quanto o livro. Uma imagem vale mais que mil palavras. Por isso, acho que ver uma imagem nas telonas será muito mais poderoso do que ler as palavras em um livro”, acrescentou.

Dakota Johnson, filha de Don Johnson e Melanie Griffith, vive a protagonista Anastasia Steele, enquanto Jamie Dornan é o milionário sedutor Christian Grey. Sam Taylor-Wood (O Garoto de Liverpool) dirige o filme, e Kelly Marcel (Terra Nova) é responsável pelo roteiro. As gravações começaram nesta semana.

O longa tem estreia nos Estados Unidos marcada para o dia 13 de fevereiro de 2015. Ainda não há data de chegada às telonas no Brasil.

Filme Cinquenta Tons de Cinza será menos explícito que o livro, diz produtor

Sem mais artigos
Sair da versão mobile