Filmes do México, Uruguai, Colômbia, República Dominicana, Chile, Peru e Argentina disputarão neste ano o título de Melhor Filme Estrangeiro do Festival de Gramado, a principal competição e mostra cinematográfica do Brasil, anunciaram os organizadores.

Além das sete produções estrangeiras selecionadas dentre 75 inscritas, os organizadores do Festival de Gramado, cuja 39ª edição será realizada entre 5 e 13 de agosto, também anunciaram os 7 filmes que disputarão o título a Melhor Filme brasileiro (dentre 105 inscritos) e os 16 indicados ao prêmio de Melhor Curta nacional.

Os filmes estrangeiros em competição são A tiro de pedra, de Sebastian Hiriat (México); El casamiento, de Aldo Garay (Uruguai); Garcia, de Jose Luis Rugeles (Colômbia); Jean Gentil, de Laura A. Guzmán e Israel Cárdenas (República Dominicana, México e Alemanha); La lección de pintura, de Pablo Perelman (Chile); Las malas intenciones, de Rosario Garcia Montero (Peru, Alemanha e Argentina); e Medianeras, de Gustavo Taretto (Argentina, Espanha e Alemanha).

A maioria dos sete filmes selecionados para o festival brasileiro já passou nos últimos meses por diferentes eventos cinematográficos europeus e americanos.

Os filmes que disputarão o título de Melhor Filme nacional neste ano em Gramado são O carteiro, de Reginaldo Faria; País do desejo, de Paulo Caldas; Ponto final, de Marcelo Taranto; e Riscado, de Gustavo Pizzi; além dos documentários As hiper mulheres, de Carlos Fausto, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro; Olhe pra mim de novo, de Claudia Priscilla e Kiko Goifman; e Uma longa viagem, de Lúcia Murat.

Segundo os organizadores, com 180 longas-metragens e 323 curtas-metragens inscritos, o número de produções interessadas em disputar o Festival de Gramado deste ano foi em 45% superior ao de 2010. 

Filmes de 7 países latino-americanos disputarão Festival de Gramado

Sem mais artigos