A pouco menos de um mês para a estreia do aguardado Assalto ao Banco Central, vazou na internet uma foto polêmica do filme. Nela, parte do elenco — Eriberto Leão, Hermila Guedes, Milhem Cortaz e Heitor Martinez, entre outros — faz uma paródia do famoso quadro A Última Ceia, de Leonardo Da Vinci. No lugar da ceia, o dinheiro roubado. Para evitar confronto com a Igreja, o estúdio resolveu tirar da edição final.

Inspirado no maior roubo a banco do século, o filme mostra a preparação da quadrilha, o roubo e a posterior investigação realizada pela Polícia Federal. Em Agosto de 2005, R$ 164.7 milhões foram roubados do Banco Central de Fortaleza, Ceará. Sem dar um único tiro, sem disparar um alarme, os bandidos entraram e saíram por um túnel de 84 metros cavado sob o cofre, carregando três toneladas de dinheiro. Foram mais de três meses de operação. Milhares de reais foram gastos no planejamento. Foi um dos crimes mais sofisticados e bem planejados de que já se teve notícia no Brasil.

O longa, que estreia no dia 22 de julho, é uma produção da Total Entertainment em coprodução com a Fox International Pictures, tem roteiro de Renê Belmonte (Sexo, Amor e Traição, Se eu Fosse Você e Se eu Fosse Você 2) e direção de Marcos Paulo, em seu primeiro trabalho como diretor de um longa-metragem.
 
No elenco estão os já citados Milhem Cortaz, Eriberto Leão, Hermila Guedes, Heitor Martinez, além de Lima Duarte, Giulia Gam, Gero Camilo, Cassio Gabus Mendes, Tonico Pereira, Vinicius de Oliveira, Milton Gonçalves, Antonio Abujamra, entre outros.       

Foto polêmica de Assalto ao Banco Central parodiando A Última Ceia vaza na web

Sem mais artigos
Sair da versão mobile