Jamie Foxx, ganhador do Oscar de Melhor Ator em 2004, por sua performance em Ray, revelou que o diretor Oliver Stone (Platoon e Assassinos por Natureza) chegou a ridicularizar suas habilidades cênicas, no passado. Em entrevista ao programa Oprah’s Next Chapter, o ator contou sobre o episódio constrangedor.

Os dois se encontraram para discutir a possibilidade de Foxx protagonizar o filme Um Domingo Qualquer (1999), dirigido por Stone. “Quando ele me conheceu, ele disse, ‘Você é uma droga, você é horrível. Você não sabe atuar'”, recordou Foxx. “Eu pensei, ‘Como assim?’. Era porque eu era da televisão, e na TV, tudo era tudo muito ruidoso”, acrescentou.

“Ele disse, ‘Eu quero te dar o papel de protagonista, mas nós teremos de trabalhar em cima de você, porque você é uma droga”, contou.

Foxx, eventualmente, ganhou o papel do protagonista do filme, Willie Beamen, um jovem jogador de futebol americano que tem de substituir um experiente ídolo do time. Ele contracenou com Al Pacino, Cameron Diaz e Dennis Quaid, sendo bastante elogiado pela crítica em razão de sua performance.

O próximo filme de Jamie Foxx a chegar aos cinemas é Django Livre, novo filme de Quentin Tarantino, com estreia brasileira marcada para o dia 18 de janeiro de 2013.

Sem mais artigos