Em dezembro, estreia nos cinemas o aguardado Episódio VII da série espacial Star Wars, batizado de O Despertar da Força. Na direção, está o badalado J.J. Abrams (Missão: Impossível 3 e Super 8, entre outros). Mas por pouco a batuta não ficou nas mãos de um diretor muito especial: George Lucas.

O criador da saga revelou que gostaria de dirigir o Episódio VII. Em entrevista ao jornal USA Today, Lucas comentou que inicialmente ele assumiria a direção do filme, mas desistiu porque atualmente, para ele, “tempo é mais importante do que dinheiro”.

O produtor disse que ao fechar acordo com a Disney, para criar mais uma trilogia de Star Wars – o que representa um compromisso de dez anos -, ficou mais fácil se afastar da franquia antes de embarcar no novo filme.

“É melhor para mim sair no início de uma coisa nova, assim posso simplesmente me deletar”, afirmou. “O tempo é mais importante para mim do que o dinheiro”.

Lucas disse ainda que pretende ir ver o Episódio VII no cinema como se fosse um fã comum. “A única coisa de que me arrependo sobre Star Wars é o fato de nunca ter ido assistir. Nunca pulei da poltrona ao ver a nave na tela”, disse Lucas. “Da próxima vez, poderei curtir como qualquer um”.

 

Sem mais artigos