Parece até piada, mas é sério. J. W. Rinzler, autor do livro The Making of Star Wars: The Empire Strikes Back, garante que o diretor George Lucas e o roteirista Lawrence Kasdan queriam fantasiar um macaco treinado para fazer as cenas de Yoda no primeiro filme da franquia Guerra nas Estrelas.

A ideia surgiu depois que eles decidiram que o mestre jedi seria muito menor do que os humanos. Mas eles esbarraram na questão da tecnologia: em 1980 seria muito difícil criar um boneco tão avançado quanto eles precisariam.

Rinzler chegou até a mostrar uma foto do macaco “ator” no set, durante sua participação na New York Comic Con, na última quinta, onde foi lançar o livro.

Porém, Lucas e Kasdan foram convencidos a abandonar a brilhante ideia depois que um integrante da produção contou que havia trabalhado em 2001: Uma Odisséia no Espaço, e garantiu que o bicho iria arrancar a máscara o tempo todo e que nunca daria certo.

A solução então, veio através de Jim Henson, o criador dos Muppets. Foi ele quem desenvolveu o primeiro boneco animado eletronicamente, especialmente para Guerra nas Estrelas. Para provar mais essa parte da história, Rinzler mostrou na convenção uma foto de Yoda ao lado de Caco e Miss Piggy.

Sem mais artigos