O ator Guilherme Fontes garante que Chatô – O Rei do Brasil vai ficar pronto ainda este ano. A produção se arrasta desde os anos 90. A demora em concluir o filme, que recebeu mais de R$ 10 milhões em incentivos fiscais, fez com que a produtora de Fontes fosse processada e obrigada a devolver parte do dinheiro.

Chatô conta a história de Assis Chateaubriand, um dos principais nomes do jornalismo brasileiro. “Não teve nada errado e Chatô acabou virando o filme com maior divulgação da história do cinema nacional…são mais de 20 anos falando do filme. Eu deveria ganhar um prêmio de marketing por isso”, disse ator em entrevista à coluna do Bruno Astuto, da Época.

Guilherme ficou conhecido na pele do personagem Alexandre, da novela A Viagem. Nesta semana, o canal Viva começa a rexibir a trama produzida em 1994.

Sem mais artigos