Guillermo Del Toro, diretor de Labirinto do Fauno e Hellboy, revelou que chegou a ser cogitado para dirigir o próximo Guerra nas Estrelas, o sétimo episódio da franquia. No entanto, ele recusou a proposta logo de cara, pelo fato de já ter muitos projetos em sua agenda.

“Meu agente recebeu um telefonema, que dizia, ‘O Guillermo está interessado?’. E, basicamente, eu já tenho muita coisa para fazer, e eu estou perseguindo coisas para os projetos que já estou gerando”, explicou o cineasta mexicano, em entrevista ao site The Playlist.

“Me senti muito lisonjeado. Foi só um telefonema, não foi além disso. Foi muito bom ter sido questionado, mas, acredite ou não, eu estou ocupado o suficiente”, acrescentou.

O diretor disse, ainda, que gostaria de ver Brad Bird (Os Simpsons e Ratatouille) à frente do próximo Star Wars. “Acho que os fãs merecem alguém que vai mergulhar completamente no projeto. Como um nerd, eu adoraria que Brad Bird assumisse”, explicou.

O desejo de Del Toro, no entanto, não deve ser realizado. Em novembro, Bird negou a possibilidade de dirigir Guerra nas Estrelas – Episódio 7. “Não vou fazer Star Wars“, escreveu o cineasta em seu Twitter. “Mas serei o primeiro da fila para assistir ao novo filme”, acrescentou.

Michael Arndt, ganhador do Oscar por Pequena Miss Sunshine e também autor de Toy Story 3, será o roteirista do novo Star Wars.

Sem mais artigos