Um construtor civil encontrou um prêmio Emmy – isto mesmo, uma estatueta original – em uma lixeira no Brooklyn, em Nova York. De acordo com a coluna Page Six, do jornal New York Post, Ismael Cekik, de 40 anos, andava por sua rua em setembro quando viu uma estátua “bonita” ao lado de vários itens descartados na calçada.

Os objetos pertenciam aos moradores de uma casa que havia vendida recentemente. Sem saber do que se tratava, levou o troféu pra casa. Semanas mais tarde, enquanto assistia à cerimônia do Emmy Awards – o maior prêmio da televisão norte-americana -, percebeu que seu objeto resgatado era idêntico aos que eram entregues aos vencedores.

Segundo uma fonte do jornal, a estatueta é real e deve ser da década de 1950. “Pode ser que o parente de algum ganhador, já morto, guardou o objeto e acabou jogando fora”, conta a fonte. Sem o nome do ganhador, no entanto, será impossível descobrir quem foi o felizardo a receber o Emmy.

Sem mais artigos