O ator britânico Clive Owen disse neste domingo, em entrevista coletiva concedida na Riviera Maya, no México, que representar o escritor Ernest Hemingway foi uma das melhores experiências de sua carreira.

 

A preparação para fazer seu papel em Hemingway and Gellhorn, um drama centrado no romance entre Hemingway e a correspondente de guerra Martha Gellhorn, levou Owen a percorrer as ruas de Cuba e visitar a casa onde o escritor e jornalista americano encontrou inspiração para escrever seus célebres romances.

“É provavelmente uma das melhores experiências da minha carreira. Visitei a casa onde viveu Hemingway em Cuba. Ali estava tudo: sua coleção de livros, sua roupa, suas botas, suas máquinas de escrever. As pessoas que me mostraram a casa foram de grande ajuda e sabiam muito sobre Hemingway. Realmente o escritor deixou sua marca em Havana”, comentou o ator.

“É um projeto dirigido por Philip Kaufman, que acredito que é um dos grandes diretores. A coprotagonista é Nicole Kidman, que faz o papel de Martha Gellhorn”, explicou.

Clive Owen foi ao México para participar do Festival de Cinema de Riviera Maya, que começou em 20 de maio e se encerrou neste domingo com a presença da atriz Susan Sarandon, que recebeu uma homenagem por sua trajetória.

O ator apresentou no festival o filme de suspense Intrusos, no qual Owen participa ao lado da atriz Pilar López de Ayala. A produção é dirigida por Juan Carlos Fresnadillo e relata a história de duas famílias cujos filhos começam a sofrer uma série de transtornos mentais, o que leva seus pais a buscarem ajuda psicológica e espiritual. 

Sem mais artigos