O cineasta James Cameron embolsou no ano passado US$ 257 milhões graças ao sucesso de Avatar e liderou a lista de artistas mais bem pagos de Hollywood em 2010, que será publicada na edição de março da revista Vanity Fair (veja os 20 primeiros do ranking na galeria acima).

Cameron arrecadou US$ 248 milhões por produzir, dirigir e escrever o roteiro de Avatar, o filme com maior bilheteira da história do cinema, que também lucrou com a venda do DVD e pelos direitos de distribuição para a televisão.

A soma ainda conta com US$ 5 milhões pela licença de produtos associados a Avatar, e outros US$ 4 milhões por direitos de projetos anteriores.

O segundo lugar da lista é ocupado por Johnny Depp, que recebeu US$ 100 milhões por sua participação em Alice no País das Maravilhas (US$ 40 milhões), O Turista (US$ 20 milhões”) e Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas, pelo qual recebeu pagamento antecipado de US$ 35 milhões.

Os outros US$ 5 milhões que o autor recebeu são derivados de royalties por produções anteriores.

Atrás da dupla está Steven Spielberg, que sem estrear nenhum filme, recebeu US$ 80 milhões na sua conta bancária, US$ 50 milhões corresponderam aos direitos que obtém pela exploração de suas criações no parque temático de Universal Studios, assim como por seu trabalho de consultor.

Da mesma forma que Depp, Spielberg também cobrou antecipado por seu próximo filme War Horse, com US$ 20 milhões, e o resto da soma, correspondente por projetos anteriores.

Entre os 10 primeiros lugares do ranking estão Christopher Nolan (US$ 71,5 milhões) e Leonardo DiCaprio (US$ 62 milhões), graças sobretudo ao bom resultado de A Origem.

Tim Burton recebeu US$ 53 milhões, três a mais que Adam Sandler, enquanto o diretor Todd Phillips, cérebro de Se Beber Não Case, recebeu US$ 34 milhões.

Taylor Lautner, um dos protagonistas da saga Crepúsculo, levou US$ 33,5 milhões e superou em US$ 2 milhões a cota de Robert Downey Jr., enquanto sua colega Kristen Stewart se tornou a mulher mais bem paga de Hollywood em 2010, com US$ 28,5 milhões.

Sem mais artigos