O ator espanhol Javier Bardem inaugurou nesta quinta-feira sua estrela na Calçada da Fama de Hollywood que ficou instalada justo ao lado da mesma homenagem a sua esposa, Penélope Cruz, algo que para o novo vilão da saga James Bond foi uma “preciosa coincidência”.

A cerimônia aconteceu no centro turístico de Hollywood, às portas do icônico teatro El Capitan e em frente ao Dolby Theatre, auditório antes chamado de Kodak onde são entregues a cada ano os prêmios do Oscar.

Bardem esteve acompanhado por Sam Mendes, o diretor de 007 – Operação Skyfall, assim como pelas belas atrizes desse filme, a inglesa Naomie Harris e a francesa Bérénice Marlohe.

Por outro lado, a musa Penélope Cruz não foi vista hoje em Hollywood, onde no dia 1º de abril de 2011 recebeu, a poucos metros de distância de onde acontecia a cerimônia de hoje, o mesmo reconhecimento que foi outorgado a seu marido.

“É uma coincidência pelos anos que se passaram que as duas estrelas estejam juntas. É uma preciosa coincidência, é muito bonita. É uma honra o fato de ter recebido esta homenagem e a aceito com gratidão”, afirmou à Agência Efe o vencedor de um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por Onde os Fracos Não Têm Vez.

A chuva que ameaçava estragar a festa do espanhol não aconteceu em um dia que foi proclamado como “O dia de Javier Bardem em Hollywood” por Leron Gubler, presidente da Câmara de Comércio de Hollywood, entidade que concede as estrelas.

“O dia de Javier Bardem… Isso é estupendo! E em que consiste? Todo o mundo tem que caminhar com o nariz quebrado pela Hollywood Boulevard?”, brincou o ator, que dedicou a estrela a sua família e amigos, assim como a seus companheiros de profissão na Espanha.

Bardem recordou “especialmente” do diretor Bigas Luna, que lhe deu a oportunidade de seu primeiro papel protagonista no cinema em Jamón, Jamón e de Julian Schnabel, primeira cineasta que confiou a ele um personagem em um filme de língua inglesa (Antes do Anoitecer).

Antes do discurso de Bardem, Sam Mendes contou aos curiosos que abarrotaram a rua como o espanhol inventou a caracterização de seu personagem em Skyfall e louvou sua qualidade artística. “É o (Marlon) Brando de nossa geração”, comentou Mendes.

A estrela de Javier Bardem é a de número 2.484, enquanto a de Penelope Cruz foi a 2.436.

A ausência da atriz espanhola foi especialmente sentida porque Bardem esteve presente na cerimônia de entrega da estrela de sua esposa, que coincidiu na época com a estreia do quarto filme da saga cinematográfica Piratas do Caribe.

Sem mais artigos