O momento do reencontrou chegou: Jennifer Aniston voltou a trabalhar com o ex-marido Brad Pitt após 19 anos. Os atores participaram de uma mesa de leitura online do filme “Fast Times at Ridgemont High” (“Picardias Estudantis” no Brasil), que foi ao ar na quinta-feira (17).

Os fãs se derreteram ao assistir os dois interagindo. “Oi, Aniston, como você está?”, falou Brad, com um sorriso estampado no rosto. A atriz então respondeu: “oi, Pitt! Bem, querido, e você?

Aniston e Pitt formaram um dos casais mais populares dos anos 2000 e seu divórcio, em 2005, foi amplamente noticiado. O ator engatou, logo em seguida, um romance com Angeline Jolie, com quem havia contracenado em “Sr. & Sra. Smith”.

Mas os dois parecem ter deixado o passado para trás. O artista chegou a compareceu ao aniversário de 50 anos da ex, no ano passado.

No evento beneficente organizado pela CORE, organização sem fins lucrativos de Sean Penn, a dupla interpretou Brad Hamilton e Linda Barrett, vividos originalmente por Judge Reinhold e Phoebe Cates.

A cena em questão é bem “quente” e descreve Hamilton fantasiando sobre Barrett e contém passagens sexualmente explícitas narradas por Morgan Freeman.

Teve internauta achando que Pitt estava sem graça:


Eu poderia escrever 10 mil palavras sobre este vídeo. Jennifer Aniston está se fazendo de legal, mas Brad Pitt está claramente envergonhado. Eu amo os meus pais divorciados

Além da dupla, participaram da leitura Dane Cook, Morgan Freeman, Henry Golding, Jimmy Kimmel, Shia LaBeouf, John Legend, Ray Liotta, Matthew McConaughey, Sean Penn e Julia Roberts.

O evento foi realizado em prol de duas instituições: a CORE, que auxilia comunidades em crise, e a REFORM Alliance, que luta pela reforma do sistema criminal dos EUA.

A leitura completa pode ser assistida aqui.

Após a cena, internautas voltaram a shippar o casal:

Sem mais artigos