John Cusack deve ganhar o papel de um ditador “suave” em uma comédia chamada Dictablanda.

O ator também vai produzir e co-escrever o roteiro, disse a Variety.

De acordo com a publicação, a linha-fina do filme vai ser “Pessoas não morrem, elas são mortas”. E isso por que é uma comédia…

O filme vai ser gravado aqui no Brasil e na Argentina, e será dirigido por Alejandro Agresti, o mesmo de Casa da Lagoa.

As comédias anteriores que Cusack participou, O Último Contrato e Alta Fidelidade, também foram co-escritas por ele.

Sem mais artigos