Johnny Depp, estrela de Os Piratas do Caribe, quer uma vida mais calma, longe dos holofotes. Em entrevista ao programa BBC Breakfast, o ator disse que não está “muito longe” de se aposentar.

“Existem coisas mais calmas que eu não me importaria de fazer? Sim,
existem. Eu não diria que estou para parar a qualquer momento, mas eu
diria que não estou longe de fazer isso”, acrescentou. Questionado se
ele se aposentaria antes de Alice no País das Maravilhas e Os Piratas do Caribe 5, respondeu, “Não. Acho que estamos tranquilos quanto a isso”.

Em entrevista à revista Rolling Stone, há alguns dias, o ator já havia falado sobre sua vontade de “desacelerar”. “Eu acho que, enquanto eu tiver a oportunidade, o desejo e a faísca criativa de fazer as coisas que faço hoje, eu devo fazê-las. E então, em algum momento, você simplesmente baixa para o mínimo possível e se concentra em viver, em realmente viver a vida. E ir a lugares onde você não precisa estar correndo ou espreitando na cozinha ou no labirinto subterrâneo de algum hotel”, afirmou.

O filme mais recente de Johnny Depp a chegar às telonas, no Brasil, foi O Cavaleiro Solitário, de Gore Verbinski, em que vive o índio Tonto.

Sem mais artigos