Ele é o homem das mil faces. Emprestou seu carisma a personagens como Jack Sparrow e Edward Mãos de Tesoura. Rei da excentricidade em Hollywood, Johnny Depp completa neste domingo (09) 50 anos, prestes a entrar no set da próxima sequência de Piratas do Caribe e em plena filmagem de Trascendence. Veja na galeria acima todos os filmes do ator.

Depp transforma tudo o que toca em ouro. Poucos podem se gabar de colocar três filmes na lista das 16 que superaram US$ 1 bilhão na bilheteria mundial. Foi o que ajudou a fazer com Piratas do Caribe: O Baú da Morte (2006), Alice no País das Maravilhas (2010) e Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas (2011).

Indicado ao Oscar três vezes (Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra, Em Busca da Terra do Nunca e Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua), no início poucos poderiam imaginar que o jovem de 21 anos que estreou no cinema como vítima de Freddy Krueger e ganhou fama na TV com Anjos da Lei se tornaria um dos ícones da história do cinema.

O primeiro passo para a fama mundial foi Edward Mãos de Tesoura (1990), que inaugurou uma das parcerias mais famosas da indústria cinematográfica, com o diretor Tim Burton, seu amigo pessoal e com quem rodou sete longas.

Há quem prefira Depp atordoado e com um toque de loucura que pode ser visto em personagens como Willy Wonka (A Fantástica Fábrica de Chocolate-2005) ou Barnabas Collins (Sombras da Noite-2012), e em obras como Medo e Delírio em Las Vegas (1998) e O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus (2009).

Outros, no entanto, se encantam com a sensibilidade que expôs em Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador (1993) ou sua capacidade para o drama em Donnie Brasco (1997) ou Inimigos Públicos (2009).

Mas é inegável: sua vida ficará para sempre marcada pelo personagem do pirata Jack Sparrow, o protagonista da saga Piratas do Caribe, que já tem sua quinta sequência anunciada.

A continuação chegará às salas em julho de 2015, e ainda não se sabe se contará com Penélope Cruz, que participou do quarto filme. Os primeiros longas da franquia arrecadaram no total mais de US$ 3,7 bilhões na bilheteria mundial.

Em seu próximo trabalho, Depp ousa com a interpretação de um ícone já consolidado: o índio Tonto de O Cavaleiro Solitário, que estreia em 3 de julho nos EUA. Ele tem certa ligação com o personagem, já que possui raízes indígenas.

Nascido no estado do Kentucky em 1963, aos 15 anos Depp já tinha morado em 20 casas diferentes. “Éramos como ciganos”, contou ao programa Inside the Actors Studio. Seus pais se divorciaram na época, e o adolescente escolheu viver com sua mãe, Betty Sue.

Depp também não teve um núcleo familiar estruturado até agora. É pai de dois adolescentes (Lily-Rose, de 14 anos, e Jack, de 11) frutos de sua relação de 13 anos com Vanessa Paradis, que conheceu no set de O Último Portal (1999) e com quem se mudou para a França para se afastar do assédio das câmeras.

Depp se torna “cinquentão” em plena filmagem de Trascendence, estreia de Wally Pfister – diretor de fotografia da saga Batman, dirigida por Christopher Nolan – na direção geral, mas talvez arrume tempo para comemorar fazendo uma fuga para sua ilha particular nas Bahamas. Trata-se da paradisíaca Little Hall’s Pond Cay, cheia de coqueiros e com a privacidade que todo astro requisitado tanto espera ter.

Sem mais artigos