Juliette Freire fala sobre fama e chora em documentário

Campeã do Big Brother Brasil 21, uma das participantes mais condecoradas da história do reality, milionária, querida pelo Brasil afora, celebridade instantânea.

A vida de Juliette Freire mudou muito depois da sua participação no maior reality show da televisão brasileira, mas o preço da fama cobra um preço caro.

Foi o que mostrou mais um episódio do documentário do Globoplay “Você Nunca Esteve Sozinha”, que fala sobre a vida da campeã, antes e depois do BBB21.

Juliette desabafou em uma cena forte sobre ser famosa. “Não consigo ser amiga como eu era antes, não consigo ser filha como eu era antes. Não consigo ser irmã como eu era. Nao consigo ser muita coisa que eu era antes. É um pouco angustiante”, disse emocionada.

“Te uma equipe de muitas pessoas, e cada uma vai cobrar porque é o trabalho dela. O fotógrafo vai cobrar a foto legal, o vídeo vai cobrar um vídeo legal, o doc, a música, uma publicidade. Todo mundo tem o seu pedacinho. Mas todos esses pedacinhos são tirados de mim. Esse é o peso de uma vida artística”.

Sem mais artigos