Justin Bartha já está tão habituado a responder perguntas
sobre ser uma espécie de “coadjuvante de luxo” do Bando de Lobos na trilogia Se
Beber, Não Case!
que até faz piadas com o assunto.

“É ótimo, porque eu sou um cara meio preguiçoso. E eu ganho
muito dinheiro de qualquer forma, então tudo bem. Além disso, enquanto eles
estavam sofrendo, eu estava em um resort de luxo na Tailândia (no segundo
filme) e, mesmo sequestrado (no terceiro) fiquei passeando de jatinho com John
Goodman
”, brinca.

Falando mais sério, porém, ele explica que não acha “injusto”
o tratamento dado a Doug nas histórias. “Ele tem uma função. É o cara centrado,
certinho, meio chato até. Ele não é engraçado, enquanto os outros três são
representações dos arquétipos das comédias. Doug é o elo de Phil, Stu e Alan
com o resto do mundo”, lembra.

Quem também acredita na relevância de sua personagem, apesar
das participações pequenas, é Heather Graham, que interpreta Jade, a stripper
com quem Stu (Ed Helms) se casa “sem querer” no primeiro filme e que reaparece
em uma situação bem diferente no terceiro.

“Jade é a única mulher que realmente participa da história”,
lembra Graham. “As noivas e esposas aparecem, mas não estão no centro da ação,
não testemunham o que acontece aos rapazes”, ressalta a atriz, que não acha
estranha a passividade das demais personagens, que parecem sempre dispostas a
aceitar e perdoar seus parceiros.

“Na verdade elas não sabem direito o que acontece com eles.
E eu também acho interessante que elas não sigam aquele estereótipo das
mulheres neuróticas, que gritam com seus maridos, que vivem reclamando. Isso
seria o que as pessoas esperariam delas, mas elas não são assim e eu gosto
disso”, avalia.

A atriz acrescenta ainda que ficou muito feliz em voltar no
encerramento, especialmente pela maneira como Jade aparece. “A vida dela melhorou
muito, ela agora tem um marido que adotou seu filhinho, uma casa incrível e até
se casou com um médico de verdade, não um dentista”, brinca, embora admita que
a certa altura tenha sonhado com um desenvolvimento de sua história com Stu.

“Gostaria que ela tivesse ficado casada com ele, mas no
final das contas a vida dela melhorou bastante depois de ela ter conhecido o
Bando de Lobos. Sou muito grata a Todd Phillips por ter dado um final feliz para Jade”,
conclui.

Justin Bartha e Heather Graham destacam a importância de Doug e Jade na trilogia

Sem mais artigos
Sair da versão mobile