Neste domingo (26/07) o cineasta americano Stanley Kubrick completaria 87 anos. O diretor morreu em março de 1999, aos 70 anos, deixando como legado uma impactante obra cinematográfica que continua reverberando até hoje.

Apesar de ter se tornado uma figura pop por excelência (e seus filmes terem gerado inúmeras cenas icônicas que deram a cara para o cinema moderno), pouca gente conhece de fato o universo do cineasta. Como o fato de ele ter começado sua carreira como fotógrafo:

Em 2013, uma mega exposição celebrando o mundo de Kubrick foi um estupendo sucesso em São Paulo, reabilitando o MIS – Museu da Imagem e do Som e recolocando o Museu no posto dos grandes espaços culturais da cidade:

Mas, fotografias e exposição à parte, o que fica mesmo é a obra de Kubrick para o cinema. Em apenas treze longa-metragens, Kubrick levantou uma imponente filmografia. Depois de seus primeiros quatro filmes, ele engatou uma sequência de nove obras-primas:

A cada filme, Kubrick tornava-se mais sofisticado e metódico, a ponto de demorar quatro, cinco, sete, doze anos ( ! ) para lançar um novo trabalho.

Diversas imagens de 2001 Uma Odisseia no Espaço (1968), Laranja Mecânica (1971) e O Iluminado (1980), para ficar apenas nos mais famosos, marcaram definitivamente o cinema.

Se você não conhece a obra completa de Kubrick, corra e veja. Antes que você congele no labirinto de O Iluminado.

Shining

Sem mais artigos