Leonardo DiCaprio entrou em uma batalha judicial para reaver um retrato, tirado em 2006, em que aparece ao lado de Nelson Mandela – assinado pelo próprio líder sul-africano morto em 2013.

A fotografia teria sido enviada por Mandela para o ator, mas nunca chegou ao seu destinatário. DiCaprio nem sabia de sua existência até que a foto foi a leilão, por US$ 25 mil, no site especializado em autógrafos Moments in Time.

O encontro aconteceu em 2006, quando Leonardo rodava o filme Diamante de Sangue na África do Sul. No verso da foto há um autógrafo de Mandela e o texto: “Para Leonardo DiCaprio, Tudo de melhor, Mandela 4-8-07”. De acordo com a coluna Page Six, do jornal estadunidense The New York Post, o advogado Steve Warren mandou uma notificação ao site que colocou a imagem à venda.

 

Sem mais artigos